sexta-feira, 5 de junho de 2020

O país do faz de conta!!!


SAPATEIRO QUE CONSERTA SAPATOS MANUALMENTE COMO ANTIGAMENTE ORTIGA ...


Que bem se está no país do faz de conta!!!

Faz de conta que temos uma democracia!
Faz de conta que vivemos em liberdade!
Faz de conta que temos um governo!
Faz de conta que não pagamos os buracos da banca!
Faz de conta que não somos escravos do sistema!
Faz de conta que não somos esfolados pelas finanças!
Faz de conta que temos salários milionários, como os dos políticos!
Faz de conta que temos liberdade de expressão!
Faz de conta que temos um bom sistema de saúde!
Faz de conta que o sistema educativo funciona!
Faz de conta que vivemos muito bem com o salário mínimo!
Faz de conta que elegemos os nossos governantes!
Faz de conta que vamos ter uma bela velhice e boas reformas!
Faz de conta que não devemos nada a ninguém!
Faz de conta que a culpa é do Salazar ou do Afonso Henriques!
Faz de conta que temos o Rei na barriga!
Faz de conta que não há pobreza nem exclusão social!
Faz de conta que somos auto suficientes!
Faz de conta que somos um povo culto e informado!
Faz de conta que nada de grave se passa neste país!
Faz de conta que somos importantes!
Faz de conta que somos ricos!
Faz de conta que temos um superavit de 300 mil milhões de euros!


...e para terminar, faz de conta que não somos chulados por este estado totalitário, este regime comuno-socialista ao qual apenas falta a cerca de arame farpado!
(pelos menos por enquanto, não arrisco, mas quer-me parecer que...)

Muito mais haveria para dizer, mas eu digo, e não é a fazer de conta, somos mesmo é uma cambada de parvos que não vê a merda mesmo à frente do nariz, continuamos imbecilmente a apoiar tudo aquilo que nos trouxe ao pântano, tudo aquilo que nos meteu na merda até ao pescoço!!!
Em suma, um povo de faz de conta, uma nação de faz de conta e um país de faz de conta...

Eu até já faço de conta que não sou português, não me revejo, de todo, nestes merdas de faz de conta completamente imbecilizados pelo sistema, alguns até cometeram a proeza, pasme-se, de se auto-imbecilizar, notável mesmo!!!

O mais triste nisto é que tivemos quase tudo no passado que hoje renegamos, que hoje até denegrimos, portanto creio mesmo sermos uma nação sui generis, adoramos a mediocridade, adoramos a falsidade e o embuste, estamos na mais absoluta regressão e inversão de valores!

Faz de conta que ainda temos um cérebro!



Alexandre Sarmento

1 comentário:

  1. Nao tenho adjectivos para qualificar a o comentario de excelência de um cidadão esclarecido e sem papas na língua. Bem haja sr. Sarmento.

    ResponderEliminar

Rumo ao comunismo, Igualdade é contra-natura!!!

A tal igualdade, a grande bandeira dos mundialistas nada mais é do que uma forma de domínio, uma forma de nos extrair a capacidade de racioc...